No site do Tribunal do Trabalho nacional e regional é possível consultar processos trabalhistas antigos e novos.

Como Consultar Processos Trabalhistas

 

Para resolver causas trabalhistas, que envolvem empregado e empregador, a Justiça do Trabalho deve ser procurada. Os processos trabalhistas tramitam nas Varas do Trabalho, que são vinculadas aos Tribunais de cada região, e podem ser consultados por quem tem ação na Justiça.

É muito fácil consultar processos trabalhistas, já que a consulta pode ser feita online, ou seja, no site dos Tribunais Regionais ou do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Desta forma, o empregado pode conferir o andamento do processo e saber se o resultado final da ação está próximo de ser divulgado.  

Consultar processo trabalhista

Por ser um sistema sigiloso de consulta, somente quem tem processo trabalhista é que pode acessar o sistema. Existe mais de uma maneira de fazer a consulta processual: através do número do processo, do nome do advogado ou do nome do empregador. 

Não são somente os processos mais recentes que estão disponíveis para consulta, os processos trabalhistas mais antigos também podem ser consultados. E essa é uma das vantagens da informatização dos tribunais e do próprio TST, já que diminui a burocracia, pois no passado muitos processos se perdiam, e eram arquivados antes mesmo de ser realizada uma audiência ou inquérito com o empregado e o empregador.

Tipos de Processos Trabalhistas

O processo trabalhista pode ser do tipo rito sumaríssimo ou ordinário. Antigamente, havia o rito sumário, mas com o advento do sumaríssimo, o rito sumário praticamente deixou de existir. 

Se o seu processo é de pequenas causas, provavelmente ele esteja num processo de rito sumaríssimo, ou seja, é o tipo de processo mais simples na Justiça. O valor da causa não deve exceder 40 salários mínimos. Num prazo de 30 dias as partes serão chamadas para depor, tendo direito a duas testemunhas cada uma. As provas devem ser apresentadas, e a sentença dispensa relatório e deve ser dada na audiência.

Mas se o seu processo é de rito ordinário, isso significa que ele atende os casos mais complexos, superiores a 40 salários mínimos. Normalmente o número de testemunhas é de três pessoas, porém pode chegar a seis em casos de inquérito de apuração de falta grave. A sentença necessita de relatórios e pode haver mais de uma audiência, fazendo com que a solução do processo seja mais demorada. Cabe recurso.

Processo Trabalhista

As informações contidas neste site tem carater meramente informativo, não nos responsabilizamos por alterações nas informações ou legislações. Antes de qualquer procedimento legal, consulte seu advogado para maiores orientações.